Cartilha – Redes sociais: 12 dicas para garantir sua segurança digital

Acho muito importante compartilhar dicas sobre comportamento nas redes sociais. Quem não participa de alguma rede social hoje em dia? Estima-se que no Brasil existam mais de 40 milhões de usuários cadastrados no Orkut e que 87% da população brasileira participa de alguma rede social. O país  ocupa o segundo lugar no ranking de usuários no Twitter, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. Confira as dicas para que sua navegação e interação fique ainda mais segura.

Orkut, MySpace, Facebook, LinkedIn, Twitter, Ning. O número de sites e ferramentas de relacionamento social está crescendo vertiginosamente. Social networking é a killer application da internet para qualquer pessoa, não só adolescentes antenados.

Estes sites ultrapassaram os muros do firewall corporativo, fazem parte do nosso arsenal de aplicações mais importantes para smartphone, são uma ferramenta vital para busca séria de emprego e representam a nova maneira de interagir com amigos atuais e novos.

Mas o uso de ferramentas e sites de relacionamento social parece conflitar diretamente com outro princípio fundamental do uso da internet: proteger a identidade do usuário contra roubo.

A participação em redes sociais deixa um rastro de informações pessoais que pode facilitar bastante o roubo de identidade. O que deve fazer um usuário de internet nos dias de hoje? Cada um de nós deve se responsabilizar por sua própria proteção. Confira 12 dicas para ajudar você a praticar garantir sua segurança digital.

Dica 1
Cuidado com o excesso de informações pessoais: as cinco coisas que você nunca deve compartilhar

Social networking significa abrir e compartilhar informações online com outras pessoas, mas existem informações que você nunca deve compartilhar online. Ao protegê-las, você pode impedir desde o roubo de identidade até a sua segurança física. Nunca forneça data de nascimento, endereço residencial, número de telefone (telefone comercial pode ser uma exceção) e Estado onde nasceu.

Dica 2
Personalize as opções de privacidade

Cada vez mais, os sites de relacionamento social estão dotando os usuários com maior controle sobre suas configurações de privacidade. Não presuma que você é obrigado a aceitar qualquer configuração que o site lhe dê. Nas seções sobre privacidade, descubra as opções para limitar quem pode ver diversos aspectos de suas informações pessoais

Dica 3
Limite detalhes do seu histórico de trabalho no LinkedIn

Você colocaria seu currículo completo online para todo mundo ver? Provavelmente não. Seria muito fácil os ladrões de identidade utilizarem as informações para preencher um pedido de empréstimo, adivinhar uma pergunta de segurança de senha (como crackers fizeram com a conta de Sarah Palin) ou através de engenharia social, invadir a rede corporativa. Limite os detalhes do seu histórico de trabalho no LinkedIn e em outros sites do gênero. Você também pode expandir detalhes enquanto procura emprego e recolhê-los depois de ser contratado.

Dica 4
Não confie, verifique

Dois pesquisadores de segurança demonstraram na conferência Defcon/Black Hat 2008 como é fácil criar um site Facebook ou LinkedIn, com links para sites maliciosos, utilizando uma identidade falsa ou clonada. Ou seja, antes de fornecer informações demais ou clicar em links, você precisa confirmar se uma página que supostamente é de um amigo pertence de fato a ele.

Dica 5
Controle os comentários

Os blogs estão começando a usar sistemas de comentários autenticados como o IntenseDebate (adquirido pela Automattic, fabricante do software de blogging WordPress). Entre em contato com o administrador do site imediatamente se descobrir que alguém está clonando você em um site de relacionamento social ou em comentários de blogs. Os sites mais respeitáveis removem o conteúdo clonado..

Dica 6
Evite compartilhar detalhes pessoais acidentalmente

Você não colocaria um aviso deste tipo na porta de casa: “Ausente no fim de semana… Retorno na segunda-feira”. Ferramentas de microblogging como o Twitter e o recurso “o que você está fazendo agora?” no Facebook, LinkedIn e outros sites de relacionamento social facilitam o vazamento de dados que você não forneceria normalmente (nem a amigos, nem a estranhos). Cuidado com as informações que você divulga, pois outras pessoas podem utilizá-las com propósitos nefastos.

Dica 7
Pesquise a si mesmo

É uma boa idéia pesquisar seu nome no Google e checar seu perfil do modo que outras pessoas o vêem em sites de social networking. Entenda onde você está aparecendo e quais informações estão disponíveis sobre você. Depois retifique adequadamente seu perfil, suas configurações e seus hábitos. Não se preocupe, não é demonstração de vaidade pesquisar seu nome uma vez por mês.

Dica 8
Não viole as políticas de social networking da sua empresa

À medida que sites de blog e relacionamento social chegam ao local de trabalho, entra em ação a política que define limites para funcionários, fornecedores e a empresa como um todo. Incidentes de vazamento de dados (perda de informações corporativas, confidenciais ou de clientes), declarações públicas impróprias sobre ou para a empresa, utilização de recursos corporativos para fins pessoais e assédio ou comportamento inadequado por parte de um funcionário, tudo isso pode ser motivo de repreensão ou demissão. Verifique a política de uso aceitável da sua empresa

Dica 9
Saiba como os sites podem usar sua informação

O crescimento de sites de rede social significa que os sites querem usar seus dados para divulgar e vender produtos para você. Suas informações são partilhadas com outras empresas e parceiros? Quais informações do seu perfil ou do conteúdo da sua página podem ser utilizadas por plug-ins como Facebook Applications? Veja a política de privacidade do site, revele detalhes apropriados sobre si mesmo e ative cada configuração de privacidade que você puder controlar

Dica 10
Esqueça o concurso de popularidade

Ponha um número em alguma coisa e de repente você tem concorrência. Um indivíduo com mais “amigos” não é, necessariamente, um vencedor em social networking, a menos, é claro, que seja candidato a presidente ou trabalhe em algum tipo de mídia. Mais amigos significa que mais pessoas, incluindo estranhos, agora têm acesso a mais informações sobre você. Se você classifica como amigos somente os indivíduos que realmente se tornam seus amigos, então suas informações pessoais não correm risco de uso inadequado.

Dica 11
Crie uma rede social menor

As redes sociais não se limitam a Orkut, MySpace, Facebook e Twitter. Com freqüência, comunidades formadas por conta própria se desenvolvem melhor em torno de assuntos muito específicos, não se perdendo nos sites maiores. Você ficará mais bem servido se criar uma rede menor, mais focada, usando ferramentas como o Ning ou o Meet Up para organizar um encontro.

Dica 12
Configure uma conta OpenID

O padrão de código aberto OpenID permite criar uma conta com assinatura única (single sign-on) que pode ser usada para acessar  vários serviços e aplicativos online. Em se tratando de um framework, as contas OpenID são disponibilizadas por múltiplos fornecedores. Empresas como AOL, Microsoft, Sun e Novell estão começando a aceitar e fornecer  OpenIDs. Segundo estimativas, existem mais de 160 milhões de URIs habilitadas para OpenID com quase 10 mil sites suportando logins OpenID

Fonte: IDgNow!
Autor: Mitchell Ashley, editor da NetworkWorld, de Framingham.

Fonte: DNT

Anúncios

Sobre André Araújo

Comunicação Social - Jornalismo (UFRN) | Mídias Sociais | Marketing Digital | Comunicação Alternativa | Assessoria de Comunicação | Carreira Acadêmica
Esse post foi publicado em Convergência Digital, Democratização da Comunicação. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s