TV 3D com óculos de cinema e acesso à internet chega ao Brasil em julho

Acessório para assistir televisão vai custar menos de R$ 50

Felipe Maia, enviado do R7 a Los Angeles 
Felipe Maia/R7Felipe Maia/R7 Veja mais fotos Esses aparelhos 3D também vão ter sistema de conexão à internet, permitindo que o usuário baixe filmes e programas de TV a partir de locadoras virtuais
Os primeiros aparelhos de TV 3D com óculos mais simples, parecidos com aqueles usados em salas de cinema, em vez dos tradicionais presentes no mercado até agora, que exigem pilha e são mais pesados, chegam ao Brasil no mês de julho.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (1º) pela LG, durante um evento em Los Angeles (EUA). Esses aparelhos 3D também vão ter sistema de conexão à internet, permitindo que o usuário baixe filmes e programas de TV a partir de locadoras virtuais e também faça o download de aplicativos e jogos, por exemplo.

Em um primeiro momento, vão chegar às lojas modelos de 32 a 55 polegadas – os preços para esses dois tamanhos ainda não estão definidos, mas os modelos com 42 polegadas vão sair por R$ 4.199 e o de 47 polegadas, por R$ 5.299.

Essa linha de televisores da LG, chamada TV Cinema 3D, usa um sistema diferente para dar ao usuário a impressão da imagem em três dimensões, chamada de “passivo”.

Nos modelos que estão atualmente no mercado, que usam o sistema “ativo”, os óculos possuem lentes de LCD que piscam de forma alternada em cada olho e são sincronizadas com a imagem da TV. É isso que dá a sensação de a imagem estar “saltando” da tela.

O problema é que é exigido um sistema eletrônico, com baterias, e é preciso estar em um determinado ângulo para ver as imagens.

Com a tecnologia passiva, a principal tecnologia está na tela. Uma espécie de película presente no painel faz a separação entre as imagens, que são combinadas com o uso de óculos mais simples, já usados em salas de cinema. A expectativa é que isso faça com que seja mais confortável assistir aos filmes 3D em casa.

R7 testou os dois sistemas durante o evento e percebeu que os óculos “passivos” são mais confortáveis, mas os “ativos” dão uma noção bem maior de tridimensionalidade, com contraste mais definido.

Família grande

A LG também vai bater forte na questão do preço dos óculos. Isso porque os “passivos” custam menos de R$ 50 (existe o plano de disponibilizar o acessório por algo em torno de R$ 30), enquanto os “ativos” ficam em torno de R$ 250.

Com isso, se o usuário tiver uma família grande, por exemplo, pode comprar mais óculos por preços mais acessíveis. O pacote com o modelo que chega às lojas em julho vai ter quatro óculos, mas o cliente poderá comprar mais na loja se quiser.

Óculos ainda têm vida longa

A LG diz que vai demorar de três a cinco anos para lançar TVs 3D que dispensem o uso de óculos, uma tecnologia que já está presente em tablets e em videogames portáteis como o Nintendo 3DS, mas ainda não funciona muito bem em aparelhos maiores.
Humberto De Biase, gerente-geral de marketing da LG, diz que também existe o desafio de baixar os preços desses aparelhos.

– Precisamos ver como baratear essa tecnologia para que ela esteja disponível para o consumidor. Não adianta soltar um televisor por 50 paus [R$ 50 mil].

O jornalista viajou a convite da LG

Fonte: r7.com

Anúncios

Sobre André Araújo

Comunicação Social - Jornalismo (UFRN) | Mídias Sociais | Marketing Digital | Comunicação Alternativa | Assessoria de Comunicação | Carreira Acadêmica
Esse post foi publicado em Convergência Digital, Democratização da Comunicação. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s