Vendas na internet crescem 40% em 2010, mostra E-bit

Por Chiara Quintão,  dO Estado de S. Paulo

As vendas de bens de consumo por meio da internet cresceram 40% em 2010, para R$ 14,8 bilhões, de acordo com relatório divulgado hoje pela E-bit, empresa de monitoramento de comércio eletrônico. Segundo estimativa do relatório, as vendas devem apresentar expansão de 30% em 2011, para R$ 20 bilhões. Espera-se também que quatro milhões de pessoas façam sua primeira compra virtual nos seis primeiros meses deste ano.

No ano passado, o desempenho do comércio eletrônico brasileiro foi impulsionado pela Copa do Mundo, que contribuiu para a venda de televisores de tela fina. Com isso, o valor médio das compras aumentou 11% ante 2009, para R$ 373. Do total das vendas do ano passado, as datas sazonais Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal responderam por cerca de R$ 4,5 bilhões. Somente o Natal foi responsável por R$ 2,2 bilhões, 40% acima do mesmo período de 2009.

A consolidação de grupos de varejo também contribuiu para aumentar a confiança dos consumidores nas vendas pela internet, de acordo com o levantamento. O número de pedidos no ano passado ultrapassou 40 milhões, ante 30 milhões em 2009. Já o número de consumidores que fez pelo menos uma compra online chegou a 23 milhões em 2010, ante 17,6 milhões no ano anterior.

Categorias e consumidores
Segundo a sondagem, as categorias mais vendidas foram eletrodomésticos, com 14% de participação, livros, assinaturas de revistas e jornais (12%), saúde, beleza e medicamentos (12%), informática (11%), e eletrônicos (7%).

A pesquisa apontou também que consumidores de baixa renda (famílias com renda declarada de até R$ 3 mil) respondem por 50% do mercado. Nessa faixa de renda, 31% dos usuários informaram não ter fechado compras nos últimos seis meses e 6% realizaram mais de dez compras nesse intervalo.

Dados do E-bit sobre confiança dos consumidores no comércio eletrônico apontam aprovação de 86,62% no ano passado, acima do patamar de excelência de 85%.

Compras coletivas
Pesquisa realizada entre 10 e 14 de março apontou que 61% dos consumidores virtuais informaram conhecer o conceito de compras coletivas, em que sites oferecem ofertas de produtos ou serviços ativadas por um número mínimo de vendas de cupons. Dos que conhecem, 49% já fizeram alguma compra de oferta.

Entre aqueles que já experimentaram esse formato, 82% têm a intenção de fazer compras novamente em sites de compras coletivas nos próximos três meses, 37% souberam do serviço por indicação de amigos e parentes, e 19% informaram ter recebido promoção por e-mail. Conforme o relatório, esse mercado “caminha para a consolidação”.

Anúncios

Sobre Juliana Bulhões

Mestranda em Estudos da Mídia pela UFRN. @juliana_bulhoes
Esse post foi publicado em Cidadania e Cultura. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s