Artigo “Comunicação Comunitária e Educação para a Cidadania”

Confira o artigo “Comunicação Comunitária e Educação para a Cidadania” da Profa.Dra. Cecilia M.Krohling Peruzzo (Professora do Programa de Pós-Graduação emComunicação Social da Universidade Metodista de São Paulo).

As inter-relações entre comunicação e educação geralmente são tratadas no âmbito da educação formal. Neste estudo tratamos da edu-comunicação forjada em processos deeducação informal no contexto de organizações, movimentos populares e ONGs. Trata-se de um tipo de manifestação comunicativa extremamente significativa no Brasil e na América Latina. O estudo baseia-se tanto em pesquisa bibliográfica quanto em reflexões a partir de observação participante . Conclui-se que, na prática, com características próprias, entre elas, a da participação ativa e dos conteúdos condizentes com as realidades locais, a comunicação produzida por setores subalternos organizados vem contribuindo para ampliar o espectro educativo em torno do exercício da cidadania.

Os estudos sobre comunicação e educação tendem a enfocar as relações e as inter-relaçõesentre os dois campos do conhecimento, principalmente a questão da ensino-aprendizagem enquanto mediada por um processo comunicativo; da utilização de meios de comunicação na educação presencial, nas instituições de ensino; do papel da mídia no processo de educação; da educação para a recepção crítica das mensagens transmitidas através dos meios massivos, especialmente da televisão. Trata-se de uma linha de estudos em expansão e que tem trazido contribuições significativas para a compreensão de tais fenômenos, no entanto ainda não ésuficiente compreendida e valorizada pelos educadores e comunicadores. Este estudo baliza-se em outra perspectiva diferente das mencionadas acima. Tratamos da edu- comunicação forjadas em outro lugar, no âmbito da educação informal, mais precisamente a que ocorre no contexto de organização e ação das organizações e movimentos populares e ONGs – Organizações não Governamentais, no âmbito do terceiro setor, quando as pessoas semobilizam, se organizam ou se envolvem em organizações já existentes para assegurar a observância dos direitos fundamentais da pessoa humana e/ou para tratar de temáticas sociais mais amplas que dizem respeito ao conjunto da sociedade, como, por exemplo, questões relativas à ecologia, à construção da paz e da própria vida no planeta. Nas últimas décadas, manifestações de tal ordem, ocorridas em nível da sociedade civil vem revelando a existência de uma comunicação diferenciada, a partir dos envolvimentos acima referidos, principalmente aqueles gerados no seio das camadas subalternas da população, ou a elas ligados de modo orgânico. As pessoas, ao participarem de uma praxis cotidiana voltada para os interesses e necessidades dos próprios grupos a que pertencem ou ao participarem de organizações e movimentos comprometidos com interesses sociais mais amplos, acabam inseridas num processo de educação informal que contribui para a elaboração – reelaboraçãodas culturas populares e formação para a cidadania.

Continue lendo: http://www.usp.br/nce/wcp/arq/textos/48.pdf

Anúncios

Sobre André Araújo

Comunicação Social - Jornalismo (UFRN) | Mídias Sociais | Marketing Digital | Comunicação Alternativa | Assessoria de Comunicação | Carreira Acadêmica
Esse post foi publicado em Comunicação Comunitária. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Artigo “Comunicação Comunitária e Educação para a Cidadania”

  1. Pingback: Artigo “Comunicação Comunitária e Educação para a Cidadania … | Midia Social

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s